diHITT - Notícias BlogBlogs.Com.Br

Muitas Novidades!

0

Marcadores: , , , , , , ,

Graça, Paz e Alegria!

Estamos muito felizes com tantas novidades! E esperamos que você possa meditar, comentar, recomendar...

O Ministério Compartilhando tem novos Blogs. Além disso, estamos atualizando todos os blogs com "cara" nova, novas informações e a possibilidade de compartilhar cada postagem em nossos blogs com outras pessoas, quer por email, via Twitter, MySpace, Facebook e muitas outras redes sociais e outros sites de contato!

Assim, hoje apenas vamos recomendar o link para cada Blog do Ministério Compartilhando. A grande maioria já foi atualizada (como este blog mesmo já foi) e pode ser que os outros tenham sido atualizados no momento que você lê este post. Se não foi, volte no dia seguinte, pois falta pouco! E ainda teremos mais novidades!

Visite os Blogs do Ministério Compartilhando:









Visite! Conheça. Se quiser, pode passar a seguir os blogs! Comente! E recomende para outras pessoas! E aguarde - já temos novidades para os próximos dias!

Que Deus continue abençoando.

Introdução do Ensaio Teológico: Hermenêutica Bíblica Indígena

0

Marcadores: , , , , , , , , , , ,

Publicado no Compartilhando Na Web - Artigos em 24/novembro/2008 - para ler este arquivo na íntegra, clique aqui.

Introdução

Evangelizar. Imperativo deixado pelo Senhor Jesus Cristo, quando manda que estejamos levando esse Evangelho a toda criatura (Marcos 16.15). Não podemos fugir dessa tarefa se nos dizemos Seus seguidores/as, se nos dizemos cristãos/ãs. Ilusão nossa achar que podemos deixar de realizar essa tarefa…

Como teria sido bom se o impulso que motivou tantas pessoas a virem, por exemplo, para o Brasil, tivesse sido esse ardor missionário…

Infelizmente não foi isso que aconteceu. Muitos sofreram com a “evangelização” neste país. E estamos apenas falando deste país! Mas isso aconteceu em muitos lugares. "Evangelização" nesse caso pode ser sinônimo de conquista, massacre, desprezo e, por que não dizer, de roubo. A Bíblia era empregada para satisfação de vontades particulares dos seus detentores e não para a exaltação do Dono dessa Palavra. Esse Texto Sagrado foi até mesmo interpretado para a satisfação daqueles que queriam apenas o seu próprio bem estar. E isso aconteceu e acontece ainda hoje: alguns se julgam os detentores do Sagrado e manipulam esse Texto para o seu pessoal prazer. Muitas pessoas são desprezadas em nome de uma realidade espiritual que não tem como base a Bíblia, mas a interpretação pessoal da mesma, observando-se a si próprio somente.

Alguém sofre com isso. Temos os indígenas neste texto como quem ocupa essa posição. Em nome de Jesus e da Sua Cruz muitos índios perderam a sua vida e não por amor ao Evangelho. Em nome de uma evangelização que, na realidade, não foi conforme ao padrão do Evangelho (Amar ao próximo como a si mesmo) muitas pessoas sofreram. Uma interpretação unilateral rendeu a morte de pessoas que não tiveram a oportunidade de um conhecimento real do Senhor Jesus. E mais: nem queriam estar com o mesmo (Jesus), se esses que estavam trazendo essa mensagem estariam com Ele. Há relatos de índios que diziam com todas as letras que não queriam "ir para o céu" se aqueles que estavam "evangelizando" estariam por lá (cf. SEPULVEDA, J. G. Tratado Sobre las Justas Causas de la Guerra contra los Índios, México, Fondo de Cultura Econômica, 1987).

Quantas vezes os/as cristãos/ãs se preocupam em tomar para si esta realidade da interpretação do texto divino. Só não podemos nos esquecer que muitas vezes, em nome do Evangelho, dessa Palavra que revela a justiça divina para com os injustiçados, do Cristo das Bem-aventuranças (Mateus 5.3-12), os/as próprios/as cristãos/ãs cometem injustiças. Exemplo claro disso foi a evangelização/conquista desta terra em que hoje moramos. Os índios não eram respeitados em sua própria cultura e sua condição de ser humano. Não eram nem vistos como tal. Muitos índios morreram em nome do Evangelho (na verdade, da conquista). Muitos índios foram injustiçados com base na evangelização/conquista .

Precisamos reler esse Texto Sagrado com base no próprio índio. Isso é fazer hermenêutica: ir até o texto, conhecer sua situação e contexto (esse caminho de "ida" é a Exegese) e trazer a sua interpretação para os nossos dias. Fazer o caminho de "volta" do texto para a realidade é tarefa da hermenêutica, não com base em interesses pessoais e mesquinhos, mas com a informação do que o texto queria dizer. Já temos pessoas clamando por isso e este texto tenciona mostrar algumas dessas pessoas e como realizam esse trabalho hermenêutico do Texto Sagrado. Estaremos mostrando algumas perguntas que essas pessoas fazem para esse caminho de interpretação e possibilidades da mesma.

Publicado no Compartilhando Na Web - Artigos em 24/novembro/2008 - para ler este arquivo na íntegra, clique aqui.

----

Este texto, claro, tem como base a questão indígena. Mas é preciso pensar no evangelismo que é feito hoje em dia, mesmo que não tão destruidor ou conquistador do ponto de vista da "terra" ou do "espaço", mas muitas vezes oprimindo pessoas em nome de um evangelho que não é o apresentado nas páginas da Bíblia. E quem apresenta o que a Bíblia diz é desacreditado ou tido por herege.

Isso sem contar com um fato: muitos deixam de acreditar no "Evangelho" pelo que é pregado e apresentado, que não está nas páginas da Bíblia. Quer dizer: deixam de acreditar não no Evangelho de fato, mas no que é dito ou mostrado, que está muitas vezes longe da realidade e ficam distantes da Verdade que liberta!

Que possamos aproveitar esta reflexão e observar como tem sido a nossa pregação: se dizemos o que achamos que deve ser ou o que realmente é. Se dizemos o que dá "ibope" ou o que o Senhor Jesus realmente disse. Que possamos anunciar ao Senhor e não a vontade de alguns!

Novo Blog!

0

Marcadores: , , , , , , ,

Graça, Paz e Alegria!

Passamos por aqui hoje para recomendar o novo Blog do Ministério Compartilhando:


Com meditações sobre o Livro dos Salmos!

Leia, comente, recomende!

Que vida levo eu?

0

Marcadores: , , , , , , ,

Graça, Paz e Alegria!

No Portal Compartilhando Na Web - em 07/06/2006

Esta pergunta tem o objetivo de despertá-lo/a a pensar seriamente. Suas decisões são importantes e não devem ser tomadas de qualquer maneira. Surgem sempre fatos novos e novas relações diante das quais você terá de tomar uma atitude, muitas vezes, imediata. É necessário estar preparado/a para viver ou morrer. De Dna. Odete Barbieri (transcrito) são os pensamentos que seguem para ajudá-lo/a na conquista de um domínio próprio salutar e entusiasta. Cuide de usá-los bem!
1) Dar tempo, diariamente, à leitura da Palavra de Deus. Não deve ser somente por um hábito. Assim como o estômago sofre quando não mastigamos bem nossa comida, tomar o alimento espiritual ligeiramente não é de benefício para o espírito.
2) Orar sem cessar, a tempo e fora de tempo. Na luta de cada dia, podemos encontrar muitos motivos para conversar com o Senhor, além do tempo chamado de “hora tranqüila”, que todo/a cristão/ã deve observar.
3) Ler boas biografias de pessoas que se entregaram inteiramente ao Senhor e O serviram com grande devoção e amor.
4) Assistir regularmente aos cultos da igreja para louvar ao Criador e gozar de comunhão com Ele e os/as irmãos/ãs da família da fé.
5) Manter no lar o ambiente que possa merecer a visita do Senhor como hóspede invisível, mas sempre presente.
6) Evitar conversações e jogos familiares que não edificam e nem podem ser mantidos, se Jesus, em pessoa física, participasse dos mesmos.
7) Participar dos movimentos evangélicos, com grande entusiasmo, seguros/as de que, “se não somos uma pessoa missionária, somos um campo missionário”.
8) Voltar seus olhos para os problemas e necessidades de sua comunidade, colocando-os em intercessão diante de Deus, para depois atender o Seu chamado de resolvê-los.
9) Não se deixar influenciar ou amargurar pelos exemplos negativos dos/as outros/as, mas vencer o mal com o bem.
10) Resolver cada problema ou dúvida com a pergunta: Que faria Cristo em meu lugar?

BlogBlogs

0

Marcadores: , ,

Conheça BlogBlogs.Com.Br

Sabor de Mel - Damares

0

Marcadores: , , , , , ,


Sabor de Mel
Damares
Composição: Agailton Silva

O agir de Deus é lindo
Na vida de quem é fiel
No começo tem provas amargas
Mas no fim tem o sabor de mel

Eu nunca vi um escolhido sem resposta
Porque em tudo Deus lhe mostra uma solução
Até nas cinzas ele clama e Deus atende
Lhe protege
Lhe defende
com as suas fortes mãos

Você é um escolhido
E a tua história não acaba aqui
Você pode estar chorando agora
Mas amanhã você irá sorrir.

Deus vai te levantar das cinzas e do pó
Deus vai cumprir tudo que tem te prometido
Você vai ver a mão de Deus te exaltar
Quem te vê há de falar
Ele é mesmo escolhido.

Vão dizer que você nasceu pra vencer
Que já sabiam porque você
Tinha mesmo cara de vencedor
E que se Deus quer agir ninguém pode impedir
Então você verá cumprir cada palavra
Que o Senhor falou,

Quem te viu passar na prova
E não te ajudou
Quando ver você na benção
Vão se arrepender
Vai estar entre a platéia
E você no palco
Vai olhar e ver
Jesus brilhando em você

Quem sabe no teu pensamento
Você vai dizer
Meu Deus como vale a pena
A gente ser fiel
Na verdade a minha prova
Tinha um gosto amargo
Mas minha vitória hoje
Tem sabor de mel.

Tem sabor de mel
Tem sabor de mel
A minha vitória hoje
Tem sabor de mel.

A vida do cristão é diferente!

0

Marcadores: , , , , , , , , , ,

Graça, Paz e Alegria!

Romanos 12.1-2

1 ROGO-VOS, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional.
2 E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus.

O que é “não se conformar com este século”? Seria viver de uma maneira diferente?

Efésios 4.17 à 5.2

17 E digo isto, e testifico no Senhor, para que não andeis mais como andam também os outros gentios, na vaidade da sua mente.
18Entenebrecidos no entendimento, separados da vida de Deus pela ignorância que há neles, pela dureza do seu coração;
19 Os quais, havendo perdido todo o sentimento, se entregaram à dissolução, para com avidez cometerem toda a impureza.
20 Mas vós não aprendestes assim a Cristo,
21 Se é que o tendes ouvido, e nele fostes ensinados, como está a verdade em Jesus;
22 Que, quanto ao trato passado, vos despojeis do velho homem, que se corrompe pelas concupiscências do engano;
23 E vos renoveis no espírito da vossa mente;
24 E vos revistais do novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade.
25 Por isso deixai a mentira, e falai a verdade cada um com o seu próximo; porque somos membros uns dos outros.
26 Irai-vos, e não pequeis; não se ponha o sol sobre a vossa ira.
27 Não deis lugar ao diabo.
28 Aquele que furtava, não furte mais; antes trabalhe, fazendo com as mãos o que é bom, para que tenha o que repartir com o que tiver necessidade.
29 Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas só a que for boa para promover a edificação, para que dê graça aos que a ouvem.
30 E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual estais selados para o dia da redenção.
31 Toda a amargura, e ira, e cólera, e gritaria, e blasfêmia e toda a malícia sejam tiradas dentre vós,
32 Antes sede uns para com os outros benignos, misericordiosos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo.
5
1 SEDE, pois, imitadores de Deus, como filhos amados;
2 E andai em amor, como também Cristo vos amou, e se entregou a si mesmo por nós, em oferta e sacrifício a Deus, em cheiro suave.

Necessidade da diferença.

Aqueles que não seguem a Cristo, possuem uma vida entregue aos seus próprios prazeres. Buscam o que é bom só para si e se esquecem do mandamento que diz que devemos "amar o próximo como a nós mesmos" (Mateus 22.38). E até nem sabem dele. Porque o coração deles é duro, estão longe da vida com Deus.

Mas nós, que aprendemos de Cristo, não podemos ser assim. Isso se de fato, aprendemos d'Ele. Porque se formos olhar para os ensinamentos do Senhor, nossa vida será muito diferente da vida de quem permanece alheio à vontade de Deus. O que é do/a velho/a homem/mulher - mentiras, bebedices, brigas, roubo, falar o que não edifica - não deve mais fazer parte da nossa nova natureza. E, deixando o que é do/a velho/a homem/mulher, tirando essa "roupa", devemos nos vestir do/a novo/a homem/mulher, que é segundo a vontade de Deus.

Este/a anda dentro da vontade do Senhor, em justiça e retidão, em verdade. Viver uma vida de acordo com os padrões de santidade escritos na Palavra do Senhor é viver uma vida diferente da que o mundo vê como boa. É como se de repente, alguém viesse nos oferecer uma comida que não gostamos. No meu caso, seria, por exemplo, o jiló. Por mais que alguém insista dizendo que é bom (minha mãe fez muito isso), eu não gosto e prefiro não comer.

Por mais que alguém venha me dizer que eu sou "careta", que eu deveria viver dentro de alguns padrões que o mundo vê como bom e deixar de lado a vontade do Senhor, eu prefiro continuar sendo "careta". Se alguém me oferecer jiló, eu prefiro não comer jiló. E, observar os padrões de Deus, segundo o que diz a Palavra, é o melhor, pois "o Senhor conhece o caminho dos justos; mas o caminho dos ímpios perecerá" (Salmo 1.6). Quem não anda segundo a vontade de Deus, não tem parte com Ele na vida eterna. Que bom é viver como o Senhor quer.

Mas, para que viver assim? Só para garantir um "lugar no céu"? Não! É também para evangelizar.

Mateus 5.13 - Vós sois o sal da terra; e se o sal for insípido, com que se há de salgar? Para nada mais presta senão para se lançar fora, e ser pisado pelos homens.

Obedecendo a vontade de Deus.

Ser sal. Quer ver a diferença de ser sal? Todos conhecem bem a sensação que temos ao beber água. Então, te convido a beber um pouco da água que você está acostumado/a a beber, mas acrescentando um pouco de sal e mexendo. Faça isso! Depois, continue lendo...

Fez?

Não é diferente da sensação normal? Pois é, obedecer a vontade de Deus é ser diferente. E quando pessoas que o Espírito do Senhor já tem trabalhado virem isso, elas serão impactadas. Viver segundo a vontade do Senhor é, além de garantir um "lugar no céu", também levar a Palavra a frente. E o testemunho fala mais alto, muitas vezes, mais do que anos de pregação. Quando a pessoa vir na sua vida o que você prega, quando ela vir que você é diferente (que você salga), ela será modificada pela Palavra do Senhor.

Que o Senhor realmente nos auxilie e nos incomode a vivermos de uma maneira diferente da que vive o mundo. Vivamos dentro da vontade de Deus e o mundo será, pelo menos, um pouco melhor, pois a melhor coisa que podemos fazer é obedecer a vontade do Senhor.

Related Posts with Thumbnails